Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Sobre Nós

Compartilhe:

Um pouco da nossa história

Rádio Manhumirim

 

 

A Rádio Manhumirim foi fundada no município de Manhumirim-MG na década de 1950 e,

desde então, vem se manifestando como importante meio de comunicação, com destaque para sua programação voltada para a formação e informação. Em quase cinco décadas de existência, a emissora esteve presente em  momentos  marcantes  da  história  do  município  e  da  região, promovendo  mobilização  social  e contribuindo  para  a  construção  da  identidade  local.

Em  1951,  nasce  a Rádio  Sociedade  “A  voz  de  Manhumirim  Ltda” através do registro de contrato na Junta Comercial do  Estado  de  MG,  a  aprovação  oficial  da instalação da rádio só se oficializou após 04 anos. A  inauguração  da  emissora  se  deu  em  1957  com  celebração  de  missa  campal  e  diversos shows.

A transferência das quotas de Alair José Dias e José  Teixeira  Porcino  para  o  Pe.  Luís  Bueno  dos Santos ocorreu em 1969. Em setembro de 1980 o Pe.  José  Múcio  Gonçalves  de  Souza  passa  a exercer o cargo de diretor responsável da editora. Para  transferir  a  Rádio  Sociedade  “A  Voz  de Manhumirim  Ltda”  para  Rádio  Manhumirim  da Fundação Bom Jesus foi assinado pelo presidente da República José Sarney o Decreto n. 97534 em 1989.  Percorrendo  ainda  a  história   tem-se  em 1990  a  2º  Diretoria  da  Fundação.  Em  1994 assume  a  3º  Diretoria.

Em  2000, dentro  de  seu projeto  de  expandir  seu  alcance,  foi  realizada  a compra  de  um  novo transmissor  de  10000 WATTS, muito mais potente, oferecendo o sinal da Rádio  Manhumirim  a municípios  de  Minas  Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro, passando também a  operar  numa  nova  freqüência,  que  antes  era 1510  para  780  KHZ.

Com  esta  nova  aquisição,  a Rádio  Manhumirim  AM  passou  a  ser  ouvida  em mais de 70 cidades da região. E  por  fim  em  2004,  a  Direção  da  Fundação Bom  Jesus  foi  assumida  pelo  Pe.  José  Enésio Pinheiro,  que  deixou, entre  outras  conquistas, acerto  de  parte  das  dívidas  da  Fundação,  reforma interna  no  prédio  onde  funcionam  as  rádios.

 Em fevereiro  de  2006,  assume  a  direção  Pe.  Paulo Rogério  Machado,  com  os  diretores  assistentes:

 José  Geraldo  Barbosa  e  José Weber  Pereira.  Pe. Rogério  permaneceu  pouco  tempo na  direção  da emissora,  somente  um  ano,  não  tendo oportunidade  de  desenvolver  projetos  voltados para a rádio.

Em 2007, Pe. João Lúcio Benfica foi apresentado como diretor das emissoras.

Ao  pesquisar  nos  documentos  da  rádio, verificou-se  a  importância  e  a  ousadia  de José Teixeira  Porcino  e  Aguilardo  de  Macedo  Marques até  a  venda  do  serviço  de Rádio  para  a Congregação Sacramentina.

Vale destacar que, de 1957 até 1961, a “Rádio Sociedade  A  Voz  de  Manhumirim”  funcionou exclusivamente como serviço de alto falante, vindo a  funcionar  normalmente  somente  a  partir  de 1962.  Em  1964,  ela  possuía  93 cotistas  que contribuíam  com  mensalidades  regulares  –  era  o Clube dos Sócios.

 

Breve Histórico da Rádio Sociedade “A Voz de Manhumirim”

DATA  ACONTECIMENTOS

1951  Nasce a rádio Sociedade “ A Voz de Manhumirim Ltda”

1955  Aprovação da instalação da rádio

1957  Inauguração da emissora

1969  Sócios da rádio transferem suas quotas para Pe. Luis Bueno.

1980  Pe. José Múcio Gonçalves de Souza passa a exercer o cargo de diretor.

1989  José Sarney assina o decreto n.97534

1990  2º Diretoria da Fundação Bom Jesus

1994  3º Diretoria da Fundação Bom Jesus

2000  Foi realizada a compra de um novo transmissor

2004  Pe. José Enésio Pinheiro assume a direção da Fundação

2006  Pe. Paulo Rogério Machado assume a direção da Fundação

2007  Pe. José Lucio Benfica foi apresentado como diretor das emissoras.

Em 03/11/1969, Alair José Dias e José Teixeira Porcino  transferem  suas  quotas  para  o

Pe.  Luís Bueno  dos  Santos;  Odilon  de  Oliveira  Barreto torna-se  o  Diretor-Gerente  da Sociedade  e publica-se  a  concessão  de  autorização  do DENTEL  para  a  Rádio.

O  estúdio  da  Rádio  muda da  Avenida  Raul  Soares  s/n  para  a  Rua  Cel. Nunes  da  Rosa,  nº.  21,  e  o  prefixo  passou  a  ser XYF 97.  Tudo  isso  foi  publicado  no Diário  Oficial  da União,  de  29/10/1970  (CFR.  Documentação  da Rádio)

 

A segunda alteração contratual ocorreu quando Odilon  de  Oliveira  Barreto  vende  cotas  para  Pe. Demerval  Alves  Botelho;  Pe.  Luis  Bueno  dos Santos  cede  e  transfere  para Pe.  José  Múcio Gonçalves de Souza.

Assim,  em  01/09/1980,  Pe.  José  Múcio Gonçalves  de  Souza  passa  a  exercer  o  cargo  de Diretor responsável da emissora.  Pe.  Júlio  Pessoa  Franco  assume  a  Direção  da Emissora  por  um  determinado  período.  Em seguida,  assume  Pe.  Antônio  Otaviano  da  Costa

Como ocorreu a transição entre Rádio Sociedade a voz  de  Manhumirim,  para Fundação  Bom  Jesus.

De acordo com a informação, no início da década de  80  existiam  três  cotistas  que  administravam  a sociedade,  Odilon  Barreto,  Paróquia  do  Bom Jesus  e  Congregação  dos  Sacramentinos.  Como os  padres  já  cuidavam  da  administração  da emissora,  houve  um  entendimento  para  a  criação de uma Fundação para melhorar o gerenciamento da  empresa,  assim,  Odilon  Barreto    a  Paróquia decidiram  abrir  mão  de  suas  cotas, e  a Congregação  Sacramentina    criou  a  Fundação Bom  Jesus,  que   tinha  personalidade  jurídica própria,  sem  fins  lucrativos,  obtendo  também  a isenção  de alguns impostos, o que é permitido por lei  para  entidades  filantrópicas  que  trabalham  em prol do social.

A  primeira  Diretoria  da  Fundação  Bom  Jesus ficou assim constituída:

 Diretor-presidente:  Pe.  Paulo  Dias  Barbosa;

Diretor  Vice-presidente:  Pe.  José  Raimundo  da Costa;

Diretores  Assistentes:  Antonio  Pio  Lopes, Mauro Humberto de Lima Brandão e Salma Maluf ,exerceram  esta  diretoria  no  período  de  1986  a 1990.

Consultando  a  história  da  Rádio,  constatamos que a partir de 20/03/1986, Pe. José Raimundo da Costa  assumiu  interinamente  a Direção  da Emissora.  Neste  mesmo  período,  ocorreu  a mudança  de  emissora  de sociedade  para fundação.  Dentro  de  um  objetivo  voltado  para  a prestação  de  serviços de  informação,  formação humana,  social  e  religiosa,  a  emissora  passou  a buscar esses objetivos junto a comunidade. Em  20/02/1989,  o  presidente  da  República,José  Sarney,  assina  o  Decreto  n.  97534  transferindo  de  Rádio  Sociedade  “A  Voz  deManhumirim  Ltda”  para  Rádio  Manhumirim  da Fundação Bom Jesus.

Percorrendo  nossa  história,  temos  em  1990  a 2º  Diretoria  da  Fundação  que  exerceu este mandato  até  1994;  era  composta  pelo  Diretor-Presidente  Alípio  da  Costa, Diretores assistentes,Moacir Vieira Maciel , Osvaldo da Silva Toledo    e  Jacira  Dutra  de  Souza .

Neste  ano assume  a  3ª  Diretoria  que  é  composta  pelos seguintes  membros:

Pe.  Ronaldo  Lopes  Correa,

Pe.  Jésus  Moreira  de  Rezende,  José  Geraldo Barbosa,  Neide  Aparecida  Ananias

e  Luciano Portilho Bórchio.

Dentro  de  uma  proposta  de  inovação tecnológica,  a  Fundação  Bom  Jesus passou  a investir  em  novos  equipamentos  para  melhorar sua  transmissão.  Entre  eles,  podemos  citar:

Aquisição  de  um  transmissor  para  a  Rádio Manhumirim  AM,  que  passou  a  operar  com  2,5

KW  que  permitiu  a  emissora  alcançar  vários municípios da região; a compra da 105,7 FM, que foi  incorporada  à  Fundação  Bom  Jesus;  a mudança de local da rádios para o prédio que fica anexo  ao  antigo  educandário sacramentino,  onde até  hoje  estão  localizadas;  trocas  dos  radiais;  e, por fim, aquisição de uma nova torre para a Rádio Manhumirim  AM,  que  teve  que  ser  transferida do bairro São Vicente para o Córrego Ventania.

Em  2000,  dentro  de  seu  projeto  de  expandir seu  alcance,  foi  realizada  a  compra  de  um  novo transmissor  de  10000  WATTS,  muito  mais potente,  oferecendo  o  sinal  da  Rádio  Manhumirim a municípios de Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de  Janeiro,  passando  também  a  operar  numa nova  freqüência,  que  antes  era  1510  para  780 KHZ.  Com  esta  nova  aquisição,  a  Rádio Manhumirim  AM  passou  a  ser  ouvida  em mais  de 70 cidades da região.

Todos  os  investimentos  só  foram  possíveis graças  à  colaboração  de  seus  ouvintes, admiradores e membros do Clube do Ouvinte, que souberam  reconhecer  a  importância da  emissora para a cidade e região. Por isso, colaboraram com a  parte  financeira,  o  que  proporcionou  sua melhoria.  É  inegável  que,  se  não  existisse  essacolaboração,  os  investimentos  não  teriam  sido realizados.

 A  direção  da  Fundação  Bom  Jesus  foi assumida  pelo  Pe.  José  Enésio  Pinheiro,  que deixou,  entre  outras  conquistas,  acerto  de  parte das dívidas da fundação, reforma interna no prédio onde  funcionam  as  rádios.  Em  fevereiro  de  2006, assume  a  direção Pe.  Paulo  Rogério  Machado, com  os  diretores  assistentes:  José  Geraldo Barbosa  e  José  Weber  Pereira.

Pe.  Rogério permaneceu pouco tempo na direção da emissora, somente  um  ano,  não  tendo  oportunidade  de desenvolver  projetos  voltados  para a  rádio.

Em 2007,  Pe.  João  Lúcio  Benfica  foi  apresentado como diretor das emissoras.

Atualmente contamos com o dinamismo do Pe. Edmilson que está a frente de nossas emissoras desde o ano de 2009, que por sua vez veio investindo em melhorias em nossa infra-estrutura e também investindo nos seus profissionais através de cursos e laboratórios e através de seu carisma tem impulsionado a equipe.

 

Como tudo começou:

Quanto  a  José  Teixeira  Porcino,  era  de nacionalidade  portuguesa,  não  era  naturalizado brasileiro. Ele tinha dotes especiais para os meios de  comunicação  e  gostava  de  escrever.  Foi  o fundador  de  “A  Tribuna”  de  Manhumirim.  Apesar de  estrangeiro,  estava  sempre  envolvido na  vida política da cidade, não obstante acabou ocupando cargo na administração pública. Com  o  sonho  de  fundar  uma  rádio  em Manhumirim, comprou todo o aparelhamento, mas não pôde instalar, pois não conseguiu autorização do  governo.  Enquanto  isso,  instalou  ilegalmente um  serviço  de  alto-falantes.

Foi  quando  chegou ao  município  o  Coletor  Federal  Aguilardo  de Macedo  Marques.  Este  usava  freqüentemente  o serviço  de  alto-falantes  de  José  Porcino.

 

Localização

Rua Nunes da Rosa número 70, Centro de Manhumirim, Minas Gerais – CEP 36970-000. Telefone (33) 3341-1491

Deixe seu comentário:

Menu